NO AR
Polícia

Ivanes sugere afastamento do prefeito Dinaldinho devido investigações do MP. Líder do governo rebate colega. Escute

08/08/2018 às 20:08

O vereador patoense Ivanes Lacerda (PMDB) usou a tribuna da Casa Juvenal Lucio de Sousa na noite de ontem, terça (07), e na oportunidade questionou o posicionamento dos vereadores diante das recentes operações do Ministério Público para investigar supostas irregularidades em contratação de empresa por parte da Prefeitura de Patos.

Ivanes lamentou o fato do poder legislativo ter silenciado diante das investigações envolvendo o prefeito de Patos Dinaldo Wanderley Filho (PSDB). E mesmo sem emitir juízo de valor em relação ao que foi mencionado por representantes do próprio Ministério Público, Ivanes disse que as acusações são gravíssimas que estão sendo apuradas, mas que a sociedade patoense exige uma resposta rápida por parte dos vereadores, antes que o assunto caia no esquecimento.

Portanto, ele defende que o prefeito de Patos seja convocado a se pronunciar oficialmente sobre o que aconteceu semana passada, quando a Polícia Federal esteve na cidade buscando provas que possam legitimar as irregularidades apontadas pelo MP, através do cumprimento de vários mandados de busca e apreensão.

Ivanes chegou a sugerir que após os esclarecimentos do prefeito, o poder legislativo deveria analisar a possibilidade de pedir o afastamento do gestor, pelo menos enquanto esteja ocorrendo o processo das investigações que recaem sobre o mesmo.

O líder do governo municipal na casa legislativa, vereador Jefferson Melquiades (PRB), disse que as observações do vereador Ivanes são muito precipitadas, tendo em vista que até o momento não houve qualquer acusação definida, sendo que todo o processo vem tendo como base um representante da empresa, que citou ter realizado alguns trâmites suspeitos com a Prefeitura de Patos, mas sem mostrar provas sobre o que está afirmando.

E enfatizou que a Prefeitura de Patos não tem qualquer ligação mais íntima com os donos da empresa que está sendo investigada por fraude, inerente à cobrança da taxa de iluminação pública do município de Patos.

Jefferson garantiu que a Prefeitura de Patos abriu um processo administrativo para investigar a participação de servidores na investigação, e que em breve o prefeito de Patos se pronunciará sobre o caso à imprensa local.

Ouça mais detalhes nas sonoras que seguem abaixo.


Matéria por Patosonline.com

Áudio Ivanes - Tribuna (Operação Cidade Luz)
Áudio Jefferson Melquiades - Tribuna (Operação Cidade Luz)

Comentários

Mais da Rádio Espinharas

Polícia

Na noite desta segunda (20): Veículos colidem próximo ao Canal do Frango em Patos

Uma colisão envolvendo um veículo Siena e uma Saveiro foi registrada na noite desta segunda-feira, 20 de agosto, na Rua Maria ...

Polícia

Barulho e Imprudência: Moradores de Teixeira reclamam de evento envolvendo motocicletas. Veja o vídeo

O fato foi registrado por volta das 13h00m (uma da tarde) deste domingo, 19 de agosto, na Rua Cônego Serrão, Centro da cidade. ...

Polícia

Polícia Militar prende homem com mandado de prisão, em Patos

A Polícia Militar (PM) prendeu na madrugada desta sexta-feira (17), João Xavier de Araújo, 30 anos, em atitude suspeita...

© 2011 - 2018. Radio Espinharas - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: