NO AR
Gerais

Cadela passa por tratamento após agressão e seus filhotes irão para adoção na cidade de Patos

15/01/2019 às 08:01

Os voluntários da Organização Não-Governamental Adota Patos se depararam com mais um caso que trouxe indignação e que mobilizou diversas pessoas diante da maldade humana contra os animais. No final da tarde desta segunda-feira, dia 14, aconteceu o resgate de uma cadela que havia parido há poucos dias.

O caso foi registrado no Bairro Santa Clara, em Patos. Algumas pessoas relataram que a cadela havia sido agredida na cabeça por uma pessoa que usou um capacete para praticar o crime. A pancada se tornou uma ferida que infeccionou e se transformou em abscesso. Com o passar do tempo, o ferimento ficou em carne viva devido a uma série de fatores.

Os moradores pediram ajuda a ONG Adota Patos, pois, para agravar mais ainda a situação de penúria, a cadela estava com filhotes e sem poder alimentar devidamente em decorrência da gravidade do ferimento. Os moradores estavam alimentando os filhotes que dentro em breve irão para adoção.

A ação para ajudar a cadela batizada por Clara envolveu também o médico veterinário Dilermando Simões. O veterinário fez os primeiros procedimentos no próprio local onde se encontrava a cadela. A ferida estava comprometendo parte considerável da cabeça.“Fizemos a higienização, assepsia. Aplicamos antibióticos e anti-inflamatórios. A cadela agora está aos cuidados do Adota Patos para os procedimentos de tratamento adequado”, relatou Dilermando.

Casos de agressões, abandono e maus-tratos de cães estão ficando cada vez mais frequentes na cidade de Patos. A ONG Adota Patos traz relatos quase que cotidianos e os voluntários pedem ajuda também do poder público e da sociedade diante dos desafios.

 

 

Jozivan Antero – Patosonline.com

 

Comentários

© 2011 - 2019. Radio Espinharas - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: